Ideia simples e fofa

Eu já tinha visto essa ideia muitas vezes pela internet afora, mas por um motivo ou outro ainda não tinha colocado em prática. Daí, que estes dias, precisando de um solução pra dar uma iluminada no quintal para um ocasião especial, resolvi colocar a mão na massa.

Você vai precisar de vidros vazios e limpos de conservas, sem o rótulo, é claro (eu gosto destes mais baixinhos e usei de molho, champignon, geléia etc) e arame (eu usei os de artesanato, que são mais fininhos e maleáveis e tem opções de cores).

Enrolei o arame na parte externa da boca do vidro, onde tem aquela rosca para fechamento, dei várias voltar e fiz as alcinhas. Coloquei uma velinha dentro e pendurei nas árvores do quintal. Se quiser, você pode pintar o vidro com verniz vitral e dar um cor à lanterninha, mas eu gostei delas assim mesmo, completamente transparentes.

Olha, como ficaram penduradinhas:

Tá vendo que tem uma lanterninha vermelha lá atrás? Ela é da Etna e está custando 4,90 na liquidação, eu tenho várias e achei legal mesclar com as de vidro. 
O que vocês acharam da ideia de reaproveitamento dos potes de vidro?

Anúncios

De flores e bichos

Eu amo flores, árvores, plantas em geral. Por sorte, tenho um quintal enorme, dá um trabalho enorme também, é verdade, mas é muito bom  ver as plantas crescendo, florindo, colorindo o espaço.

Em matéria de flores, minhas preferidas são as orquídeas e hoje tenho quase 50 vasos. Aqui em casa, fui mudando as flores de lugar até perceber onde se desenvolviam e floresciam e hoje elas se espalham pelo corredor lateral de casa, onde bate sol apenas algumas horas por dia.

Aprendi também que precisam de adubo e uso este aqui, que custa baratinho, cerca de 3 reais a caixinha:

Aplico a cada 30 dias e elas reagem muito bem ao seu uso e dão flores com mais frequência.

Olha as duas bonitonas do momento:

Orquídea Vanda – ganhei do marido hoje, Dia dos Namorados, ela não precisa de vaso, só tem uma cestinha como aparador e suas raízes podem chegar a 1 metro.

Phalaenopsis – esta ganhei no Dia das Mães e continua lindinha na mesa de jantar

Catléia – estas são da chácara de uns amigos, lindas, né?

Mas, como nem só de orquídea, vive um jardim, aqui outra que sempre floresce por aqui: alpínia purpurata. Lindíssima!

Flor de maio, que só da flor em junho!rss

E, por último a ciclamen. Esta é uma daquelas flores que a gente vê linda no supermercado e pensa que nunca mais dará flores. Ledo engano, tenho várias e todas vivem floridas, independente da época do ano. Esta comprei na semana passada no Carrefour e paguei 5,90. Reparem no balde de gelo como cachepô. Todos os outros cachepôs estavam em uso e assim escondi aquele vasinho de plástico preto tão feinho.

Bom, e pra não dizer que não falei dos bichos. Depois de mais de 40 peixes, uma cachorra, duas gatas e uma jabuti, apresento a vocês, Pompom, nossa coelhinha da raça Mini Loop.

Esqueçam tudo o que disseram sobre coelhos, ela não cheira mal e nem faz sujeira. Uma fofa!

Última postagem do ano – Feliz 2012!

Pra mim, o ano acabou! Estou finalmente saindo de férias depois de um período de muita correria, muito trabalho, muito estudo e muitas realizações.

2011 foi um ano de muitas coisas boas, tristezas também houve, mas as alegrias foram muito maiores e hoje escrevendo este post, nem me lembro das coisas ruins, prova de que foi um ano positivo. E minhas esperanças são de que 2012 será ainda melhor. Vou terminar meu curso de Design de Interiores e tenho a expectativa de poder realizar um grande sonho. Vou trabalhar pra isso, quem sabe dá certo, né?

Desejo a todos também que 2012 seja ainda melhor que o ano que está terminando e que todos nós possamos realizar nossos sonhos, independente do tamanho deles, pequenos ou grandes, são sonhos e são importantes! Feliz 2012 pra todos nós!

Deixo vocês aqui com algumas fotos do meu quintal, que está ficando do jeitinho que eu gosto:

A mangueira da qual somos sócios, carregadinha – a mangueira é do vizinho, mas tudo isso que vocês estão vendo, dá pro nosso quintal:

Os peixinhos da cascata do marido:

Flores mimosas e as aranhinhas que moram ali:

O pé de acerola com o banco que meu pai fez:

Lindas:

Meu cantinho preferido no quintal:

Beijos e bom descano pra todas e todos!

Gaiolinhas na decoração da minha casa

Tem gente que me manda email dizendo que adora as gaiolinhas, mas não sabe direito como usá-las na decoração de sua casa. Eu, particularmente, adoro e acho que não precisa ficar inventando moda para usá-las, não, mas se precisam de algumas dicas, mostro como uso as minhas aqui em casa:

Na sala, a gaiolinha vazia, está no móvel de TV, junto com caixinhas e outros objetos decorativos (esta gaiola não é da lojinha, comprei em uma loja de decoração e paguei os “olhos da cara”):

No banheiro, a branquinha, com velas, junto à banheira, dá um clima bem aconchegante:

Na pérgola, a dupla na cor cobre, uma vazia e outra com um vasinho de “dinheirinho”:

A branca e as de cor cobre, são da lojinha.

E, por falar em lojinha, chegaram novas unidades dos moldes de silicone para fritar ovos e as bagueteiras de louçc decoradas, já peguei duas pra mim – quem resiste?

Cascata

Cascata é uma palavra que lembra mentira, papo furado, né? Pois então, quando marido anunciou há um bom tempo, que iria fazer uma cascata no nosso quintal, achei que não iria rolar, não. Mas, o tempo passou e o Pedro foi, aos poucos, montando num canto, perto da piscina, a tal cascata e agora ela saiu do papel e eu adorei!

É uma delícia ficar por ali ouvindo o som da água caindo, dá um sensação deliciosa de tranquilidade. E, nada melhor do que ter isso na nossa casa, né?

Mas, como o Pedro adora inventar, achou que não era suficiente e resolveu colocar uns peixinhos ali, olha só:


Quem gostou mesmo foi meu filho, Pedro Henrique, que adora passar por lá pra dar comida aos “nemos”.

Pra quem quer saber como foi feita a cascata, primeiro foi construído um pequeno tanque de concreto impermeabilizado, depois foram sendo “coladas” as pedras na parede pra criar a queda, no fundo do tanque foram colocados pedriscos e seixos de vários tamanhos e ao final foi instalada uma bomba de aquário bem potente pra bombear a água pra cima. legal,não?

Twitter
Finalmente, o blog tem twitter. Anotem aí: @sefossemcasa e vamos bater papo!

Mais uma arte do marido: espreguiçadeira!

A primavera está chegando e a vontade de deixar o quintal bacaninha pra poder aproveitar o calorzinho é grande. Por isso, estamos promovendo algumas mudancinhas aqui em casa, fizemos uma pérgola, trocamos o revestimento da piscina, compramos novas plantas e vasos e marido colocou seu talento em prática e fez uma espreguiçadeira.

Olha ela aí:

Achei bem legal que ela fosse grande, dá pra duas pessoas tomarem sol ao mesmo tempo e nesta foto estão com as almofadas do tecido acquablock, comprado em São Paulo, que eu já tinha mostrado aqui.

Aos poucos, vou mostrando aqui como a nossa área de lazer está ficando, ok?

Tempo de orquídeas

Já disse aqui o quanto adoro orquídeas e, com a proximidade da primavera, elas ficam ainda mais bonitas. As daqui de casa demoram bastante pra florescer, mas neste momento, estão nos presenteando com sua beleza.

Vejam só:

Na pérgola (preciso mostrar a vocês como este cantinho de casa está ficando gostoso – assunto pra outro post). O suporte é uma velha tábua, que marido lixou até ficar assim clarinha – das phalaenopsis e uma catléia vermelha:

No quintal, num tronco velho, no meio das árvores:

No corredor da garagem – várias estão floridas:

E não se esqueça: continua o sorteio do kit de jardinagem da Sanremo! O link está aí ao lado. Você não vai perder, né?

E não esqueça, agora na lojinha, tudo em 3 vezes sem juros e sem parcela mínima!!