Meu quintal

Já morei em apartamento e sonhava em ter um quintal verdinho e feliz!

Hoje, falo com sinceridade a vocês ter um quintal dá um trabalho enorme, aqui em casa, somos eu e marido (muito mais ele) que cuidamos do quintal e nesta época de chuvas, bastam alguns dias para a grama crescer demais, pra encher de mato, enfim, um quintal precisa de muita dedicação.

O nosso ainda não está como queremos, mas aos poucos vamos dando um jeito e deixando o espaço com uma cara mais bonita, mas o que eu mais gosto é ver as flores crescendo, o espaço se enchendo de verde e ficando cada vez mais convidativo. Outra coisa que amo são as nossas árvores frutíferas, temo amora, lichia, jabuticaba (que ainda não deu frutos), acerola, mamão e banana, acho uma delícia poder usar as frutas do quintal pra fazer suco, geléia, bolo, bom demais. Agora, as fotos:

 

flores na pérgola (me esqueci o nome dela) – não vejo a hora de ver a pérgola toda tomada pela flores 

 pérgola

o jasmim do outro lado da pérgola , super cheirosojasmim

mini ixoras começando a florescer

ixora

maria sem vergonha, adoro! tem muitas no quintal

maria sem vergonha

alpínia purpurata, uma das minhas preferidas, adoro o vermelhão das flores

alpinia

Yes, nós temos bananas!

banana

 

o pé de mamão nasceu sozinho e não para de dar frutas

mamão

 acerolas colhidas no quintal

acerola

 

nossa gata, Coco

Coco

 

nossa jabuti

DSCF3437

Anúncios

Expoflora 2012 – eu fui!

Apesar de morar relativamente perto de Holambra, cidade que sedia a Expoflora, nunca tinha ido até a mostra. Ontem, a convite da organização do evento, eu, marido e filhos fomos conhecer a mostra e ficamos encantados – nunca tinha visto tantas flores lindas em um único lugar.

Não é pra menos que a mostra está em sua 31º edição e atrai tanta gente, pelos cálculo dos marido, ontem tinha mais de 20 mil pessoas por lá.

E tem de tudo um pouco: feira de artesanato e comes e bebes, feira de flores, praça de alimentação com comidas típicas holandesas (provei uma torta de amoras que nem te conto!), mostra de paisagismo, mostra sustentável, mostra de decoração de festas e eventos, shows e apresentações de danças típicas, ou seja, um programa para um dia inteiro e para toda a família.

Bem, chega de falar, vamos às fotos da Expoflora. E para quem quiser visitar, a mostra vai até o próximo domingo, dia 23, depois só no ano que vem!

O moinho, símbolo da Holanda, presente logo na entrada da cidade

 Já viu um banco de suculentas?

E uma cadeira de flores?
Mesa que eu adoro e que tenho uma em casa feita pelo marido

Explosão de amarílis vermelhos

Mais amarílis
Vasinhos de musgo – adorei!
Lírios e amarílis em vasos de vidro –  você pode usar aqueles de lojas de 1,99 que vão
 ficar lindos também!

                                                         Acho lindas demais as Callas

Composição que sempre faço aqui em casa, mas uso velas de verdade e araminhos como suporte para os vidros reaproveitados

Lindo este jardim de cactus

Mais cactus e mais madeira, muito aconchegante
Olha que fofo o regador com os lírios

Jardim alegre e colorido

                                            Que tal um cafezinho neste jardim aí, hein?

                                 Vasos de cabeça pra baixo com orquídeas – inusitado!

Puro charme as cadeiras brancas com retalhos de chita colorida

Mais chita, agora revestindo as casinhas de passarinho – fofas!

Tem alguém que não ame as jabuticabeiras?

Horta e jardim nos caixotes
Madeira, cor e muito verde – perfeito!

Orquídeas para todo lado, quem não gosta?
Olha os pallets ali, que graça!

Amei o ambiente da Inês Maciel – show!

Fora de foco, mas cheia de estilo – luminárias de garrafão

No mesmo ambiente – velas dentro de garrafas de vinho cortadas – ideia genial!

De flores e bichos

Eu amo flores, árvores, plantas em geral. Por sorte, tenho um quintal enorme, dá um trabalho enorme também, é verdade, mas é muito bom  ver as plantas crescendo, florindo, colorindo o espaço.

Em matéria de flores, minhas preferidas são as orquídeas e hoje tenho quase 50 vasos. Aqui em casa, fui mudando as flores de lugar até perceber onde se desenvolviam e floresciam e hoje elas se espalham pelo corredor lateral de casa, onde bate sol apenas algumas horas por dia.

Aprendi também que precisam de adubo e uso este aqui, que custa baratinho, cerca de 3 reais a caixinha:

Aplico a cada 30 dias e elas reagem muito bem ao seu uso e dão flores com mais frequência.

Olha as duas bonitonas do momento:

Orquídea Vanda – ganhei do marido hoje, Dia dos Namorados, ela não precisa de vaso, só tem uma cestinha como aparador e suas raízes podem chegar a 1 metro.

Phalaenopsis – esta ganhei no Dia das Mães e continua lindinha na mesa de jantar

Catléia – estas são da chácara de uns amigos, lindas, né?

Mas, como nem só de orquídea, vive um jardim, aqui outra que sempre floresce por aqui: alpínia purpurata. Lindíssima!

Flor de maio, que só da flor em junho!rss

E, por último a ciclamen. Esta é uma daquelas flores que a gente vê linda no supermercado e pensa que nunca mais dará flores. Ledo engano, tenho várias e todas vivem floridas, independente da época do ano. Esta comprei na semana passada no Carrefour e paguei 5,90. Reparem no balde de gelo como cachepô. Todos os outros cachepôs estavam em uso e assim escondi aquele vasinho de plástico preto tão feinho.

Bom, e pra não dizer que não falei dos bichos. Depois de mais de 40 peixes, uma cachorra, duas gatas e uma jabuti, apresento a vocês, Pompom, nossa coelhinha da raça Mini Loop.

Esqueçam tudo o que disseram sobre coelhos, ela não cheira mal e nem faz sujeira. Uma fofa!

Flor do final de semana

Com o feriadão, não me animei a sair pra comprar flores frescas pra casa, mas como quem tem quintal, dá um jeito, colhi um galho de alpínia e mais uma folha de jibóia, coloquei no vaso de loja de 1,99 e o arranjo super combinou com minha cozinha.


Ideias do final de semana

Ando trabalhando tanto e correndo tanto que está cada vez mais difícil atualizar o blog como eu queria, também tem mil projetinhos começados, móveis sendo pintados, enfim, as coisas vão acontecendo aos poucos, mas como o tempo tá curto, quase tudo está pela metade, mas devagar, vou trazendo novidades pra vocês.

Neste final de semana, com a correria nem consegui comprar as minha adoradas flores frescas, mas passando no Carrefour pra abastecer a geladeira, encontrei este lindos lírios em promoção por 2,50. Lindos e baratos, não?


Trouxe pra casa, mas o vasinho de plástico preto chinfrim não dava, por isso inventei este arranjo aí: um vaso tipo aquárrio das lojas de 1,99 mais um montão de conchinhas que os filhos recolhem na praia, escondendo o vasinho feio. Ficou bom, né?

Inicialmente tinha pensado em usar palha, mas achei que quando molhasse as plantas, não seria legal, eu gostei do resultado e ele está enfeitando a mesa da cozinha. Mesa que o maridão fez, vocês sabem, né?

E a outra invenção do final de semana foi a receitinha de sobremesa mais fácil do mundo:

Mousse de Maracujá


1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1 lata de suco concentrado de maracujá
1 colher se (sobremesa) gelatina sem sabor dissolvida em meio 50ml de água fervente

Bata tudo no liquidificador e leva à geladeira. Sirva bem gelado. Se tiver um maracujá em casa, use a polpa para decorar, eu não tinha e ficou meio sem graçca, mas delicioso!

Boa semana a vocês e aguardem que ainda por este dias, teremso mais um sorteio bacana de uma peça da loja Casa da Claudia, em parceria com um blog mais bacana ainda.

Pra não dizer que não falei das flores

Ter flores em casa é uma delícia, mas muita gente acho que custa caro comprar semanalmente flores frescas.

Uma boa pedida é o CEASA, mas o de Campinas, fica muito longe de minha casa, então não compensaria ir toda semana, pois o que gastaria de combustível anularia a economia. Mas, eu descobri que comprar flores na porta do cemitério vale muito a pena.

Superstições à parte (pra quem é supersticioso), descobri que os preços são ótimos. E, como o principal cemitério de Campinas fica no caminho entre o trabalho e minha casa, na sexta-feira, passo lá.

Veja o que fiz com as que comprei nesta semana:

No móvel da sala de jantar (o “vaso” é um copo gigante comprado na 25 de março já com esta finalidade):

Na mesa de jantar:

Nas garrafinhas de azeite, suco etc na porta da entrada:

No banheiro, também em um vidro de azeite:

Na mesa da cozinha (não, os quadrinhos não estão tortos.rs):

As carioquinhas em destaque – minhas preferidas:

Quer saber quanto gastei? 10 reais – 6 reais no maço de carioquinhas e 1 real em cada rosa na cor champagne, comprei 4 e ganhei mais duas. Fala se não vale a pena encher a casa de flores, fica lindo, deixa um cheirinho delicioso e dá um clima ótimo à casa. E você, compra flores?

De graça!

Estas flores lindas que estão aí nos vasos de casa não custaram nadinha. Marido chegou no domingo com uma braçada delas – lindas, exuberantes e cheirosas. Segundo o Pedro, elas estão na beira da estradinha que liga Campinas a Valinhos e ele prometeu me levar até lá para ver o espetáculo amarelo que elas estão promovendo para os carros que passam apressadamente.

Será que mais alguém deteve seu olhar para estas preciosidades ou estão tão ocupados com suas vidas que não conseguem enxergar as belezas que a natureza lhes proporciona?

Bem, o fato é que marido viu e trouxe algumas para casa, que agora estão enchendo de cor a sala de jantar e por falar em sala de jantar, o tampo da mesa também foi uma arte do marido – o original estava absolutamente detonado, daí o Pedro deu um jeitinho e deixou a mesa novinha em folha. Pontos pra ele!

A propósito, alguém sabe o nome destas flores? Assim que secarem, tentarei plantar as sementes no quintal, depois conto se “pegaram”.