Organize-se: 40 dicas para economizar

Outro dia li um texto compartilhado no facebook falando sobre como economizar e a importância deste hábito. O texto listava 100 dicas de economia. Algumas eu achei meio bobinhas, por isso baseada naquela lista fiz a minha, com o que achei interessante e que, na minha opinião, funciona de verdade!

É claro que tudo depende dos hábitos, da forma como se vive, das preferências etc. E eu acho importante ter um foco também – economizar pensando em algo que se quer, é uma forma bacana de ter sucesso! Eu, por exemplo neste momento estou economizando para o apê novo e  em tudo o que quero e preciso fazer lá e também em algumas viagens que venho me programando para fazer com os filhos, então aqui vai minha lista. Espero que seja útil:

1 – Repense as tarifas bancárias – Os bancos cobram tarifas absurdas. Por motivos de trabalho, eu tinha conta em dois bancos. Em um pagava 55 reais mensais de taxa e no outros, 11 reais e tinha os mesmos serviços. Assim que foi possível encerrei a conta em um deles, adivinha em qual? Economia de 660 reais em um ano!

images (2)

2  – Regra dos 30 dias – Toda vez que você estiver pensando em comprar alguma coisa, espere trinta dias e veja se você ainda vai querer aquele item. Frequentemente, o impulso de comprar passa e você economizará apenas por ter esperado. Você pode fazer “lista dos 30 dias” e escreva nela o que quer comprar   e espere para ver o que será realmente necessário.

3 – Faça uma lista antes de ir às compras. E limite-se a ela! Ninguém jamais deveria entrar numa loja, drogaria ou mercado sem uma boa ideia do que vai comprar. Anote o que precisa antes de sair e seja fiel à lista. Não coloque nada no carrinho que não esteja anotado

seudinheiro-Lista-de-compra-de-supermercado-635x423.jpg

4 – Receba os amigos em casa ao invés de sair – Praticamente todo programa em casa custa menos do que fora. Convide os amigos para um churrasco em vez de ir a um rodízio. Ou faça um jantar com comidinhas e bebidinhas legais. Todo mundo pode colaborar, gastar bem menos e ainda se divertir.

5 – Conserte as roupas em vez de jogá-las fora – Eu  perdi 12 quilos nos últimos seis meses e até comprei alguma roupinhas novas, mas levei muitas peças na costureira para que fosse ajustadas. Roupas que não me serviam mais há tempos, viraram novidades depois da costureira. De uma certa forma, renovei o guarda-roupa gastando pouquíssimo.

6 – Diversão com as crianças também pode ser de graça – A maioria das crianças, especialmente as menores, se divertem com muito pouco. Invente brincadeiras, organize sessões de cinema e pipoca na sala, leve-os ao parque  e à pracinha para que brinquem ao ar livre. É claro que vai rolar um cineminha ou um outro passeio mais bacana, mas a diversão pode ser mais barata do que você imagina.

7 – Aprenda a viver sem cartão de crédito – Eu já tive cartão e já tive dívidas, hoje não tenho mais nem uma coisa nem  outra e sou feliz assim. Se você é bastante controlada, ótimo! Senão, melhor não ter.

8 – Venda o que não usa mais – Hoje existem muitos sites e grupos no facebook de vendas de itens usados. Com certeza você tem em sua casa coisas que não usa mais, de roupas a brinquedos, passando por livros, eletrônicos etc. Venda e ganhe um dinheirinho. Como estou perto de me mudar e não tenho interesse em vários móveis e outros itens, já vendi várias coisas e reservei o dinheiro para compra do que vou precisa no no novo apê. Está valendo super a pena.

Vendas-de-garagem.jpg

9 – Cozinhe em casa –  Eu já falei neste post e neste outro  sobre como se organizar para cozinhar mais facilmente e gastando menos. Sair para comer fora é uma delícia e eu também faço isso, mas sem exagerar. No dia a dia, a comida é feita em casa mesmo e com isso, comemos de forma mais saudável e  gastamos menos.

10 – Cozinhar pode ser divertido –  Junte a família, defina o cardápio e  todos devem colocar a mão na massa.Aqui, fazemos pizza em casa, eu uso a máquina de pão para sovar a massa. Fazemos também hamburger e até aquele bolinho que está na moda compra na casa de bolos é feito em casa. Os dois filhos adoram exibir os dotes culinários e além de divertido, gastamos muito menos, fica tudo muito bom e mais saudável.

11 – Faça comida a mais e congele – Tortas, lasanhas e outras receitas que podem ser feitas em uma uma assadeira grande são fáceis de preparar e podem ser divididas em porções e congeladas. Neste final de semana, aproveitando o friozinho e meu amor por sopas, cozinhei um monte de legumes e fiz creme de abóbora, de mandioquinha, sopa de alho poró. Está tudo prontinho na geladeira, é só esquentar.

12- Planeje o cardápio de olho nas ofertas – Fique atenta aos itens da estação e às ofertas dos supermercados. Aproveite os itens em promoção para montar o cardápio semanal. Com certeza, você irá economizar.

zweq.jpg

13 – Não desperdice as sobras de comida – Se sobrou frango assado, desfie e faça um escondidinho ou uma torta. A carne de panela pode ser aproveitada no molho da massa. E por aí vai, o importante é não jogar comida fora! lembre-se da sua mãe dizendo que era pecado.rs

14- Leve marmita. Em vez de almoçar fora, leve comida de casa. Muita gente acha que é vergonha, coisa de pobre. Nada disso! E com um pouco de preparação cuidadosa em minutos dá para preparar um almoço bem gostoso e economizar. Eu, durante muitos anos fiz isso e não sentia vergonha nenhuma.

15- Tome banhos mais curtos. O chuveiro é responsável por 44% do consumo de energia elétrica de uma casa. Portanto, controle o tempo do banho. A chave na posição “verão” gasta até 40% menos energia, daí ser importante usar a posição “inverno” somente nos dias frios. Pense ainda na possibilidade de instalar placas solares para esquentar a água do chuveiro o ano todo. A economia vale o investimento.

16 – Instale lâmpadas de LED. Elas custam cerca de cinco vezes mais do que uma fluorescente, mas têm uma vida útil cinco vezes maior também e consomem muito menos energia elétrica. Com apenas 6 a 8 watts de potência ilumina igual a uma incandescente de 100 watts e reduz a conta de luz em 90%.

17 – Troque livros, CDs, DVDs e outros itens em sites e feiras – Aproveite as feiras de trocas que acontecem na sua cidade. Sua biblioteca vai ser atualizada sem grandes gastos.

18 – Compare preços – se você compra sempre no mesmo supermercado pode estar perdendo dinheiro. Comparar preços deve ser um hábito para tudo o que você for comprar, de ovos a uma TV. Existem vários sites que fazem pesquisa de preço, além de poder pesquisar diretamente nos sites de lojas e supermercados. Aproveite a comodidade para economizar de verdade.

19 -Valorize seus sonhos e desejos – A viagem dos sonhos, a troca do carro ou a geladeira nova podem ser recompensas depois de um período economizando. Faça uma lista do que deseja e estipule um período para obtê-las baseado em seu orçamento e na economia que é capaz de fazer e fique atenta para não sair do foco. A sensação da conquista é ótima e te incentiva a novos desafios.

images (1).jpg

 20 – Cancele assinaturas de revistas que não lê – até por conta do trabalho, eu assinava e comprava  várias  revistas, a maioria só folheava. Algumas, nem tinha tempo de tirar do plástico. Não assino mais nenhuma, vejo quase todas pelos sites e quando acho algo muito interessante, vou na banca e compro. Imagine a economia.

21 – Compre presentes fora de época – Todo ano tem natal, tem Dia das Mães, dos Pais etc e se você se organizar, pode comprar os presentes antes das datas e guardar. Tudo aumenta de preço próximo das datas comemorativas. Aproveite promoções e compre aquele presente que tem a cara da pessoa, mesmo que a data ou o aniversário ainda esteja longe. Com certeza, o presente será mais bacana que aquele comprado às pressas e você ainda irá economizar.

22 – Faça trabalho voluntário. É uma forma muito legal de conhecer pessoas novas e envolver-se em um projeto positivo que pode levantar o seu astral e de outras pessoas. Quando você tem contato com uma realidade diferente da sua, passa a valorizar ainda mais o que tem e a questionar a necessidade de uma vida tão consumista.

23 – Experimente as marcas genéricas – Se você costuma usar sempre a mesma marca, saiba que pode estar perdendo dinheiro. Pelo menos uma vez, experimente a marca própria do supermercado ou uma versão genérica do produto. Se você conferir os rótulos dos produtos irá descobrir que muitas vezes, o genérico é do mesmo fabricante ou produzido com os mesmos ingredientes. Dê uma chance àqueles que gastam menos em publicidade e, por consequência são mais baratos.

images.jpg

24 – Não se esqueça das dívidas – Desenhe um gráfico ou algo parecido que ilustre a suas dívidas e deixe-o em local visível. Vá atualizando o gráfico toda vez que pagar ou quitar uma das dívidas, assim além de não esquecê-la, você ficará atenta aos seus progressos.

25 – Organize seu guarda-roupa – Se você, como a maioria das mulheres, vive dizendo que não tem roupa, faça uma faxina no armário e separe o que realmente não usa e doe ou venda. Esta é uma oportunidade de descobrir roupas que estavam esquecidas e que podem renovar o look. Comigo sempre funciona.

26 – Fique de olho na programação cultural e de lazer gratuita da sua cidade – Aqui em Campinas, onde moro, existem pouquíssimas opções gratuitas, mas se você mora em uma capital, por exemplo, vai encontrar sessões de cinema, shows de qualidade e outras atividades que podem fazer o seu final de semana diferente, sem que você tenha que gastar mais com isso.

27 – Examine a conta do celular e procure por cobranças indevidas – Dê uma olhada em cada item da conta e entenda tudo o que você está pagando. Tem operadora que cobra por recebimento de torpedos que o cliente nem solicitou (torpedo marketing)! As cobranças indevidas lideram as reclamações contra operadoras de telefonia celular. Um levantamento feito pelo Procon de São Paulo aponta que 65% das queixas referem-se a cobranças de valores errados. Também vale a pena rever sempre que possível o seu pacote de serviços, ás vezes você está pagando por algo que não usa e pode optar por um outro pacote que é tão interessante quanto, mas por um valor muito menor. Isso aconteceu recentemente com a conta da minha filha, que caiu de 190 para 57 reais!!

28 – Migre para o plano pré-pago de celular – Defina um valor e vá se adaptando a ele, se por acaso não lhe atender, procure outras opções de valores. Uma coisa e certa: você não terá sustos quando receber a conta.

images (3).jpg

29 – Faça seus próprios produtos de limpeza – Neste post aqui e neste, eu dou várias receitinhas de misturas para a limpeza que funcionam muito bem e são escandalosamente mais baratas que os produtos industrializados. Faça!

30 – Coloque suas contas em débito automático. Muitas operadoras de TV por assinatura e de telefonia dão descontos para clientes que deixam a fatura no débito automático. Mas não esqueça de conferir a fatura todo mês para não deixar passar nada errado.

31 – Planeja suas férias com antecedência e faça economia – Viajar é, na minha opinião, um dos maiores prazeres, mas não é algo barato. Porém, se você se programar com antecedência vai conseguir encontrar passagens aéreas e pacotes com valores muito mais interessantes. Cadastre-se em sites como Decolar.com e outros do tipo e fique por dentro de todas as promoções. A diferença de preços é gritante.

32 – Se não assiste à  TV a cabo, cancele – Existem várias opções mais baratas e interessantes. Em casa, assistimos basicamente filmes e desenhos animados. Cancelamos a assinatura da TV e optamos pelo Netflix e sites como o Popcorn. A despesa que temos hoje representa cerca de 10% do valor que pagávamos com a TV e não usávamos.

33 – Compre em grandes quantidades em atacadões ou atacarejos – Produtos que são consumidos diariamente podem e devem ser comprados em grande quantidade para redução dos custos. Itens como sacos de lixo, detergente, sabão, papel higiênico etc vão custar muito menos se você comprar em grandes quantidades e, como não são perecíveis, você terá a certeza de que não haverá desperdícios.

34 – Nunca desista de quitar as dívidas. Encontre maneiras de zerar a dívida. Se você está devendo para o banco ou cartão de crédito, fique muito atento às propostas de financiamento, na maioria das vezes, a parcela cabe no seu bolso, mas a dívida aumenta ainda mais por conta dos juros. Tente negociar pagamento à vista usando algum bônus do trabalho, férias, 13º ou coisa do tipo, a diferença é enorme.

35 – Mude os maus hábitos – aquele cafezinho de todo dia que você toma na padaria pode estar minando os seus esforços. Pode não parecer, mas um cafezinho de 3 reais pode significar um gasto de 700 reais ano longo do ano. Será que você precisa mesmo dele todos os dias?

36 – Pague a si mesmo primeiro – Se sua estratégia é esperar até todo o resto ser pago e poupar aquilo que sobrou, reconsidere este processo. É muito mais produtivo separar já no dia do pagamento o valor que quer poupar e depois pagar as contas e  fazer as compras necessárias Assim, a “poupança” estará garantida.

37 – Você só economiza dinheiro se aplicar o dinheiro – Se conseguiu um belo desconto no seguro do carro, renegociou uma taxa de juros mais baixa no financiamento do imóvel ou conseguiu um desconto em uma compra, aplique estes valores. Se estes dinheiro economizado “se misturar” com o das despesas, já era! Aplique. Coloque no banco. Procure opções rentáveis. Faça o dinheiro se multiplicar.

cofre-porquinho.jpg

38 – É possível se vestir bem gastando pouco – Se você acha que só se veste bem quem anda coberto de grifes, está super enganada. É possível comprar peças bacanas em liquidações, em lojas de departamento e no comércio popular. Acesses os sites de moda e veja o que é bacana ter no guarda-roupa. Segui a moda nem sempre é uma boa ideia, muitas coisas são passageiras e não valem o investimento. Peças como um vestido preto, um jeans bem cortado, uma calça preta, um bom blazer, camisas e camisetas brancas fazem milagres no dia a dia. Tudo isso somado aos acessórios certos vão te deixar elegante sem um rombo no orçamento.

39 – Cuide-se bem – Ter uma boa aparência é importante para a auto-estima, para o trabalho, para a vida, por isso é fundamental além de se vestir bem, manter o cabelos em ordem (os meus são pintados em casa, só vou ao salão para cortar, para a progressiva ou em alguma ocasião muito especial). Faço as unhas toda semana no salão – por muito tempo fiz em casa, mas perdia tempo e não ficava bom, porém procurei um salão que não oferece luxo,  mas um serviço de qualidade, é perto de casa e tem um valor honesto. Frequento a academia do clube, assim como meu filho faz taekwondo no clube também e nos verão, usamos a piscina. Somando tudo, ficou mais interessante do que pagar a academia para mim, o taekwondo pra ele etc e etc.

40 – Não abra mão dos pequenos prazeres – Economizar não precisa significar levar uma vida monástica. Você trabalha bastante e merece gastar consigo mesma e com sua família. Eu adoro um bom vinho e não abro mão, mas procuro promoções. De vez em quando, vamos a um restaurante legal. Curtimos um cineminha (eu e os filhos), mas procuramos os dias de promoção. Enfim, é possível ser feliz, mesmo cortando uma coisinha aqui e outra ali.

Comece já! Marque com um círculo as dicas que têm mais a a ver com você e comece a aplicá-las na sua vida. 

 

Esta lista foi baseada na lista de Emerson Wan – Planejador Financeiro Certificado e escreve sobre finanças pessoais, integração vida-trabalho e independência financeira precoce e nas minhas experiências pessoais.

Imagens: UOL, Terra Economia, Ceasa, M de Mulher

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s