Recuperando uma cama antiga e PAP de estofado

Eu tenho uma filha às vésperas de completar 17 anos e, volta e meia, ela vem me
dizer que quer mudar o quarto. Só nesta casa em que estamos há 5 anos, esta é a terceira mudança.

Pois bem, o problema é que eu também adoro mudar, mas nem sempre dá pra gastar com móveis novos, cortinas e etc, então é preciso sair resgatando o que se tem à mão e é o que estamos fazendo.

A primeira coisa que fizemos foi pintar de rosa as paredes do quarto, que eram lilases com detalhes roxos, depois pintamos a cadeira, depois a mesa e um armarinho, que ainda não mostrei e depois, marido e eu partimos pra reformar uma cama que ele ganhou.

A cama, originalmente tinha palhinha na cabeceira, há uns dias só tinha um buraco oval. Então, comprei tecido pra decoração, resistente à água, listradinho de rosa e branco e partimos pro estofado (gastei 50 reais com o tecido, o restante tinha em casa). Vou tentar dar um PAP aqui, já ressaltando que não sou boa nisso, que esqueço de tirar fotos de parte do processo, mas aviso que é fácil.

Você vai precisar de:

compensado
espuma (no nosso caso usamos a de 10cm de espessura)
canetão hidrocor
estilete
tesoura
tecido
grampeador de tapeceiro
preguinhos
martelo

1 – corte um pedaço de compensando na medida necessária do espaço a ser estofado, atenta à necessidade de ter alguns centímetros a mais para a fixação. No nosso caso, usamos a própria cama como molde.

2 – corte a espuma na medida exata do local onde será instalada

3 – corte o tecido com cerca de 15cm a mais para cada lateral

4 – posicione a espuma sobre o compensado

5 – passe o tecido por cima da espuma e com o grampeador, prenda inicialmente duas laterais paralelas do tecido no compensado, esticando muito bem (nesta hora é legal trabalhar em duas pessoas, enquanto uma segura o tecido estivado, a outra grampeia)

6 – depois grampeie as duas laterais paralelas opostas, assim você terá o tecido já parcialmente preso ao compensado

7 – grampeie toda a extensão do tecido, não economize grampos, sempre esticando bem o tecido

8 – quando o tecido estiver totalmente preso ao compensado, posicione a sua “almofada” no local onde deve ser fixada ao móvel, no nosso caso, ela foi colocada, por trás no vão oval do cabeceira. Marido usou um martelo pneumático, mas você pode usar pregos e martelos normalmente para fixar o compensado no móvel.

Assim, está pronta a sua estrutura estofada, que pode ser de um móvel, como a cama que fizemos ou de uma cadeira, por exemplo, daí você provavelmente não precisará do compensado, pois usará a própria estrutura da cadeira.

Veja como a cama ficou (se tiver dúvidas, mande email):

E também colocamos papel de parede atrás da cama, no próximo post, explico como fizemos, não é difícil, mas também não é fácil.rss

Novidades na lojinha
Chegaram na lojinha vários modelos de cocottes e outrs panelinhas miniaturas, uma mais fofa que a outra, pra montar uma mesa super linda. Passa lá!

Anúncios

Um pensamento sobre “Recuperando uma cama antiga e PAP de estofado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s